Histórias
Conheça as histórias, habilidades e experiência profissional das pessoas que estão em busca de novas oportunidades.

PENELOPE JOLIE

Não existe nada que você me ensine que eu não possa fazer.

ANGELICA GOMEZ

Quero quebrar os paradigmas da sociedade – a gente tem que ser aquilo que nós mesmos somos.

JOHN WALTER PACO QUISPE

Eu sei que eu tenho capacidade para aprender qualquer coisa – tudo que eu quis aprender, eu aprendi.

SAVANA CONCEIÇÃO

As pessoas não conseguem ver por dentro da gente – só por fora. E isso dói.

BENAZIRA DJOCO

Meu grande sonho é trabalhar numa grande organização internacional.

NOUR ALSHEKH KOEDER

Consegui fugir da Síria apenas com os vestidos de noiva que eu havia criado. Como eles estavam na faculdade, deu tempo de pegar. Vendi um deles porque precisava de dinheiro.

SABRINA CARLA VIANA

Sempre andar correta, de cabeça erguida, e nunca desistir dos meus objetivos.

TATIANA SANTANA DOS SANTOS

Meu maior sonho é conseguir emprego e salário estável, dar do bom e do melhor para os meus filhos e dar o que for possível para os meus pais.

VANESSA HOLANDA

Tudo que você põe amor, você consegue – mesmo que não seja a sua área de atuação.

YASMIN BISPO

Eu convido cada um de vocês a uma dança. Talvez no início não seja tão confortável assim. Nada que transforma, é. Faz parte de um processo. Mas, aos poucos, a gente entra no ritmo.

Sobre o Projeto

O objetivo do Projeto Somos Maioria é disponibilizar currículos virtuais de grupos historicamente vulneráveis, referidos muitas vezes como minorias, o que gera a impressão de que estamos falando de poucas pessoas, quando, na realidade, são a maioria numérica da população brasileira.

A proteção especial destinada a estes grupos é imprescindível para que os seus direitos, garantidos por lei, encontrem instrumentos hábeis a torná-los eficazes, permitindo que todos possam alcançar a universalidade dos direitos humanos e a igualdade de oportunidade como ponto de partida.

O site busca fazer com que mais pessoas escutem e tenham acesso aos grupos historicamente vulneráveis, assim como ser um meio para que as empresas possam promover e estimular a diversidade.

Promover o emprego pleno e produtivo e o trabalho decente para todas e todos é uma das formas de atingir a dignidade humana e o valor social do trabalho.

Temos plena ciência de que o trabalho decente não representa apenas o acesso à democratização de riquezas; é imprescindível para qualquer cidadão criar a sua narrativa de vida e garantir a sua inclusão social, cultural e familiar.

É preciso estar ciente de que a defesa dos grupos historicamente vulneráveis significa preservar os direito humanos, para que a maioria democrática não se faça opressiva, preservando a igualdade real.

Realização:

Apoio:

Parceiros: